Mostra “Curta Sertão na Tela” exibe produções realizadas durante oficinas do Ponto de Culta Patrimônio Vivo

IMG_9281Nesta terça-feira, 20 de junho, a Mostra de Cinema Curta Sertão na Tela, do projeto Cineclube Coração da Imagem, exibiu três produções que tiveram sua origem nas oficinas de audiovisual do projeto Ponto de Cultura patrimônio Vivo, da Ong. Iphanaq. Os documentários exibidos foram: Forró, Tempo Passadiço e Boi de Reisado de Quixeramobim. Os filmes contaram ainda, em sua produção, da participação do projeto Interações Estéticas, da FUNARTE, coordenado pelo cineasta/documentarista Alexandre Veras.
IMG_9293A mediação dos filmes ficou por conta do Mestre Piauí e do professor Antonio Carlos Cruz, que estiveram envolvidos na produção dos documentários. Os três filmes conta histórias e mostram momentos da cidade de Quixeramobim, em suas diversas formas. O “Forró”, conta um pouco da vida de dança de Dona Rita, moradora do Monteiro de Moraes, que aos domingos, se diverte com o forró autentico. O filme conta ainda a trajetória do sanfoneiro Luiz Gonzaga, Seu Nonô. O “Tempo Passadiço” traz de forma poética a ligação da cidade com a Ponto Metálica, um dos pontos turísticos do município. O “Boi de Reisado” narra a tradicionalidade do Mestre Piauí a frente do Boi Estrela.

O Coração da Imagem
O projeto Coração da Imagem será composto por 24 exibições de cinema, sendo 12 na cidade, na Casa do Conselheiro – onde a Ong. Iphanaq já realiza atividades como o Papo Cultural – e outras 12 distribuídas por localidades da zona rural de Quixeramobim, de forma que todos os 11 distritos do município sejam contemplados. A proposta apresenta-se como lugar de lazer e de encontro a partir da apresentação de filmes, fomentando debates sobre as experiências de cultura relacionadas ao contexto social da cidade e das localidades no interior do município.

IMG_9372A idéia nasceu da experiência já existe no projeto Cineclube SESC/Iphanaq, que desde 2009 apresenta exibições mensais, sendo uma em cada distrito, com um dos meses reservado para exibição na cidade, conhecida carinhosamente pelos moradores como Coração do Ceará. Uma alcunha que externa os valores afetivos da população pelo lugar, a partir do fato de Quixeramobim estar localizada no Centro Geográfico do Ceará.

Mirar-se no Coração das Imagens é apoiar-se na força e potência das obras, também um espaço de apreciação, para conversar sobre elas, pensar sobre o conteúdo que se conhece e articular livremente com o vivido, o imaginário, o possível. Toda programação é pensada a partir de obras do cinema brasileiro.

IMG_9373A Casa do Conselheiro
A Mostra está carregada de simbologias próprias, marcadas pelo ao local de nascimento de um líder no Brasil, Antônio Vicente Mendes Maciel. O projeto tem ainda a intenção de mostrar ao Governo do Estado a importância de caminhar com o projeto de restauro do espaço. O intuito é reforçar a “Casa do Conselheiro” como lugar de encontro, debate e reflexão da cultura em Quixeramobim.

Este projeto é apoiado pelo Governo do Estado do Ceará, Secretaria Estadual da Cultura, Prefeitura Municipal de Quixeramobim e SESC.